AGENDA

01/02 - Jazz nos fundos (SP)

Rendez-vous Forró instrumental

09/02 - Canto da Ema (SP)

Rendez-vous Forró

05/03 - Casa de Francisca (SP)

Rendez-vous Forró instrumental

13/03 - Sesc 24 de Maio (SP)

Participação no show do Cláudio Rabeca

15/03 - Canto da Ema (SP)

Rendez-vous Forró

09/04 - Blue Note (SP)

Lançamento CD - Nicolas Krassik interpreta Gilberto Gil

NEWSLETTER

e-mail

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lançamento Antologia Nicolas Krassik - 15 anos de Brasil

O violino de Nicolas Krassik é um dos instrumentos mais singulares que conheço. Nasceu num subúrbio parisiense, conheceu os clássicos e o jazz manouche, aventurou-se pelas escalas microtonais da música turca, até que acabou se apaixonando pelo som de João Bosco e veio parar no Brasil, há exatos 15 anos. Daí caiu no choro e no samba, entendeu o sotaque carioca e sua ginga, refinou ainda mais seu timbre, impulsionado por arcadas precisas e uma técnica que só ouvi com ele, e, sem parar por aí, se aproximou do universo da música nordestina, ao flertar com a rabeca e sua tradição medieval europeia retemperada pelos caboclos do Brasil. Um violino que tem história. Quando ouço seu som, sou capaz de escutar tudo isso e também a generosidade de Nicolas, uma das figuras mais inteiras e sensíveis desse mundão grande. Escuto seu rigor extremo e sua obsessão pelo som ideal, seu humor brasileiríssimo, sua verve de improvisador poliglota, sua inquietude, seu amadurecimento cada vez maior como alguém que, muito mais que um brilhante instrumentista, se comunica poderosamente através da música. Cá pra nós, estou é curioso em saber o que ele vai aprontar nos próximos 15 anos.

Luís Filipe de Lima - violonista e produtor musical